Sermão preparado pelo pastor Elissandro Rabêlo
Leitura: II Timóteo 3.13-16; Salmo 19.7-10
Texto: Salmo 19.8 b: “O mandamento do SENHOR é puro e ilumina os olhos”.

Amados irmãos no Senhor Jesus Cristo

Qual a importância da Bíblia na sua vida? Que proveito você tem recebido da Palavra de Deus? Já vimos que a Palavra de Deus restaura a nossa alma. Ela é usada por Deus para nos transformar de dentro pra fora, para nos regenerar e santificar. Também já aprendemos que a Bíblia nos dá sabedoria; ela nos fornece instruções práticas quanto ao modo como devemos viver em todas as áreas da nossa vida para agradar a Deus. Além disso, em meio às lutas desta vida, a Palavra de Deus nos enche de alegria com suas ricas promessas de salvação.

Davi experimentou todos estes benefícios da Palavra de Deus. E não só isso. Ele também confessa que a Palavra de Deus iluminou os seus olhos, ou seja, deu-lhe entendimento sobre a vontade de Deus para a sua vida e sobre todas as realidades desta vida e da futura. Por isso ele disse: “O mandamento do Senhor é puro e ilumina os olhos” (Salmo 19.8b). Vejamos o que o Senhor tem a nos ensinar com esta porção da sua Palavra sob o seguinte tema:

A PALAVRA DE DEUS ILUMINA OS NOSSOS OLHOS

Nós vimos que a Escritura pode ser vista como instrução divina (Lei do SENHOR) e também como o Testemunho do SENHOR (Sua declaração fiel de quem Ele é e do que Ele está fazendo). Além disso, Davi também descreveu as Escrituras como Preceitos, ou seja, princípios que devem nortear nossas vidas nas mais diversas áreas. Além disso, a Bíblia também é descrita por ele como “o Mandamento do SENHOR”. Ao referir-se à Palavra de Deus como o Mandamento do Senhor, o salmista usou um termo bem apropriado. Pois o termo que Davi usa aqui enfatiza a autoridade da Palavra de Deus sobre nossas vidas. As Escrituras não constituem apenas o Ensino, o Testemunho e os Preceitos do SENHOR, mas também as Ordenanças divinas que devem ser recebidas pelo povo de Deus, não como meras sugestões ou recomendações que devem ser seguidas ou não, mas como ordens ou decretos que devem ser fiel e prontamente obedecidos por todos os filhos de Deus.

Obedecer à Palavra de Deus não é uma coisa opcional para nós. Não é assim que você escolhe quando vai obedecer a Deus ou não. Nem tampouco que você vai escolher obedecer a uns mandamentos e não a outros. Você não pode pensar assim, por exemplo: “Eu nunca vou usar o nome de Deus em vão, mas guardar o seu dia é algo que eu faço quando me der vontade. Eu não vou cobiçar e nem roubar nada de ninguém, mas não tenho problema em falar mal dos outros e odiar a quem eu quiser”. Nada disso! O Senhor nos chama a obedecer a cada mandamento da sua lei para a glória dele e para o nosso próprio bem. Portanto, Deus não está apenas dizendo que seus mandamentos constituem um bom caminho para seguirmos, mas ele está dizendo com autoridade a cada um de nós: “É melhor você me seguir. Pois se você me desobedecer para seguir seus próprios caminhos, você vai colher sofrimento e condenação”! Por outro lado, se você me obedecer vai desfrutar das minhas ricas bênçãos (Pv.1.29-33)”!

Além de ter autoridade sobre nós, a Palavra de Deus também é Pura. Deus não nos deixou às cegas. Ele nos apontou claramente em sua Palavra tudo que precisamos saber e o caminho que devemos seguir. Por isso que Davi afirma que o mandamento do Senhor é puro. Davi está enfatizando que a Palavra de Deus é pura no sentido de ser clara e lúcida em suas instruções e mandamentos (ver Salmo 119.105; Provérbios 6.23). A Palavra de Deus é como uma lâmpada que nos ajuda a enxergar corretamente as coisas em meio à escuridão deste mundo. A ideia aqui é que Deus usa a sua Palavra para nos fazer compreender claramente a sua vontade, ou seja, tanto o que ele deseja que façamos para agradá-lo, quanto o que ele planeja para a redenção dos pecadores por meio de Cristo. Tudo o que nós precisamos saber para viver e morrer alegres em Cristo, o Senhor nos ensina com toda clareza na sua Palavra.

É bem verdade que de nós mesmos nos tornamos cegos para as coisas de Deus por causa do pecado. Satanás obscureceu o nosso entendimento. Mas Deus, em sua graça, não deixou nosso entendimento nas trevas, mas nos deu o dom precioso da Sua Palavra que ilumina os nossos olhos, mente e coração. Essa iluminação, portanto, não é fruto de nossa investigação profunda da Palavra de Deus, mas da iluminação do Espírito Santo. Somente Ele que inspirou os profetas e apóstolos para escreverem sem erro e com clareza as Sagradas Escrituras, pode também desvendar os nossos olhos para contemplarmos e compreendermos as maravilhas da Palavra de Deus.

A Palavra de Deus é pura e ilumina os nossos olhos. Isso não significa dizer que não há certas coisas difíceis de entender na Bíblia. O próprio Pedro disse que Paulo escreveu algumas coisas difíceis de entender (II Pe.3.16). Por isso que não devemos negligenciar a oração pela iluminação do Espírito Santo e nem o estudo cuidadoso das Escrituras. Fazer isso é desperdiçar esse dom precioso do entendimento que Deus nos prometeu e nos dá por Seu Espírito mediante a Sua Palavra. Afinal de contas, o Espírito é aquele que nos guia a toda verdade. É por meio das Escrituras que Deus nos dá o correto entendimento sobre ele mesmo, sobre nós mesmos, sobre o nosso futuro e sobre o seu propósito redentor para a humanidade. Tudo que é necessário ao nosso entendimento para a salvação nos é claramente revelado por Deus na sua Palavra.

Os homens do mundo que não conhecem a Deus e vivem sem Ele, andam inquietos com as seguintes perguntas: “Quem sou eu? De onde vim? Para onde vou? Deus existe? Quem é Ele? O que Ele está fazendo? Por que há tanta maldade no mundo? O que será depois da morte?” Estas são perguntas sérias e dignas de consideração. O mundo, porém, cego e iludido por Satanás e dominado por seu próprio orgulho de desprezar a Deus e a Sua Palavra tem criado suas próprias e tolas respostas para estas perguntas: “O homem é fruto de uma evolução das espécies! Depois que ele morrer, deixará de existir, ou voltará a viver por meio de uma reencarnação! Deus não existe! É apenas uma ilusão da cabeça dos crentes! E se Ele existe, ele não se importa com a Criação, mas a deixa abandonada à sua própria sorte”! Todas estas respostas, além de enganosas, não trazem nenhum consolo ao homem que vive neste mundo cheio de aflições.

De onde viemos? Porque estamos aqui? E por que a vida é tão dolorosa? E quem é Deus? O que Ele está fazendo? E o que será de mim depois da morte? A Bíblia é clara e nos dá respostas verdadeiras a todas estas perguntas. Pela Bíblia sabemos quem somos: seres humanos criados à imagem de Deus, mas que se rebelaram contra Ele com sua desobediência, trazendo como consequência a morte e a maldade sobre todos (Gn.1-3). Pela Bíblia sabemos que Deus é o Criador Soberano de todas as coisas e que está no controle e governo de tudo o que acontece e sustenta e cuida de todas as suas criaturas (Sl.33). Ele criou o homem bom, mas este se meteu em muitas astúcias (Ec.7.29).

Mas Deus, por sua graça e poder, pode transformar em bem todo o mal que vivenciamos nesta vida conturbada (Rm.8.28). Porque ele também se revelou como o SENHOR, o Deus Gracioso que salva pecadores e se relaciona com eles com toda bondade e misericórdia. Ainda no Éden, Ele prometeu um Redentor (Gn.3.15). Pela Bíblia sabemos que Ele resolveu salvar para si um povo dos seus pecados, enviando o seu Filho Jesus para morrer por eles e lhes dá plena redenção pela morte da cruz (Is.53; Mt.1.21; Mc.10.45;Lc.19.10) . Pela Bíblia sei que estou lavado no sague de Cristo, santificado pelo seu Espírito e sei também que o meu futuro em Cristo não é incerto, mas bendito e glorioso, pois depois da minha morte viverei com Jesus para sempre, conforme Ele mesmo nos prometeu em sua Palavra (Lc.23.42; Jo.11.25; 14.1-3).

Pelas Escrituras, sei claramente quem sou, de onde vim e para onde estou indo. Sei também quem é Deus para mim, creio Nele e compreendo qual é sua vontade para a minha vida, pois o seu mandamento é puro e ilumina os meus olhos e Ele se revelou como o SENHOR que salva. Enquanto o mundo está confuso e inquieto com suas mentiras e ilusões, completamente cego quanto às verdades da Palavra de Deus, quanto às realidades da vida e da morte, do tempo e da eternidade, nós, os filhos de Deus, iluminados pelo Espírito Santo, recebemos o conforto e a esperança que vem da compreensão da Palavra de Deus (Romanos 15.4).

Não precisamos recorrer à sabedoria mundana para entender as coisas mais misteriosas da vida. Pois o Deus que conhece todas as coisas, não nos deixa perdidos no escuro, mas nos dá uma clara compreensão de todas as coisas pela revelação da Sua Palavra. Ele nos revela tudo que precisamos saber e crer para vivermos com sabedoria e alegria e para sermos salvos. Davi encontrou entendimento, consolo e esperança não nas especulações dos homens, mas nos claros e retos preceitos e mandamentos do Senhor. Ele também testifica isso no Salmo 119 (ler os versos 52, 81, 92, 105, 130).
A Palavra de Deus é pura! Ela não contém erros e é clara para nos dá entendimento e esperança. Ela é suficiente para nos restaurar e nos fazer conformes à imagem de Cristo. Ela é suficiente para nos dá sabedoria, ou seja, habilidade para viver corretamente em todos os aspectos da nossa vida. A Palavra de Deus é mais do que suficiente para encher o nosso coração de alegria e para nos dar compreensão e entendimento das verdades eternas de Deus no meio deste mundo escuro e ignorante das coisas de Deus.

A Palavra de Deus nos revela Cristo e sua obra de salvação em nosso favor. Cristo é a única resposta de Deus que pode trazer verdadeiro consolo e esperança para os homens inquietos e confusos. Nele somente somos recriados para uma nova vida, redimidos dos nossos pecados e da maldição que há neste mundo. Nele nos tornamos sábios para a salvação, desfrutamos de verdadeira alegria e compreensão e somos destinados para a vida eterna. Todas estas bênçãos da redenção são nossas porque Jesus cumpriu perfeitamente cada mandamento da lei de Deus e nos revelou claramente a vontade de Deus para nossa vida em sua Pessoa e Obra.

O que você deseja para sua vida? Onde vai buscar as respostas que tanto precisa? Você quer ser totalmente transformado e restaurado? Você quer ser uma pessoa sábia que se conduz corretamente em todas as coisas e vive de um modo que agrada a Deus? Você quer desfrutar da verdadeira e eterna alegria que só Deus pode te dar? Deseja compreender claramente as coisas invisíveis, os mistérios da vida, o que Deus está fazendo, qual o plano dele para a sua vida, o que ele está reservando para você no futuro? Só há uma fonte segura e fiel onde você pode encontrar restauração, sabedoria, alegria e entendimento: Na clara e autoritativa Palavra de Deus que nos testifica de Cristo e da vida eterna (Jo.5.39) e nos torna sábios para a salvação pela fé em Cristo Jesus (II Tm.3.15)! Contemple o Cristo da Bíblia e refugie-se nele.

O mandamento do SENHOR é puro e ilumina os olhos! Louve a Deus por isso! Agradeça a Ele pela Sua Perfeita, Fiel, Reta e Pura Palavra, através da qual fomos restaurados para uma nova vida e nos tornamos cheios de sabedoria, alegria e compreensão em Cristo Jesus. Não somente seja grato a Deus por sua Palavra, mas também seja fiel em estudá-la, vivê-la, obedecê-la, honrá-la e proclamá-la fielmente para que Deus não só seja glorificado na sua vida, mas também traga iluminação e salvação a outros pecadores pelo seu testemunho fiel! Amém!

___________________________________________________________________________________________________

* Exceto onde o contrário esteja explícito, todos os conteúdos deste site estão licenciados sob uma Licença Creative Commons “Atribuição – Não Comercial – Sem Derivados 3.0 Não Adaptada“.

** Este sermão foi originalmente escrito para uso do pastor e não passou por correção ortográfica ou gramatical.

Pr. Elissandro Rabêlo

Pastor na Igreja Reformada em Cabo Frio - RJ.