Pregação preparada pelo Pr. Abram de Graaf

Leitura: 1ª Coríntios 10:01-13

Texto: 1ª Coríntios 10:12-13

Queridos Irmãos em Jesus Cristo,

A tentação. Quem não a conhece? Todos os dias as tentações estão ao nosso redor. Encontramos as tentações na praia, na rua, e até na nossa casa. Pela televisão as tentações entram na sua casa: Umas moças bonitas, seminuas aparecem na tela para te convidar e estimular a aproveitar desta vida. Elas apresentam várias coisas. Quer uma cervejinha redondinha, quer um carro novo; elas estão apelando aos teus desejos básicos, como fome, ou cobiça; Elas tentam te seduzir para comprar as coisas que lhe oferecem. Um carro maior! Ou outros móveis! Já pensou numa própria casa? Quer um conselho? Então liga tal número e fulano vai te ajudar. Sedutores modernos, irmãos. Tentações modernas.

Quem vão se casar, eles encontrarão essas tentações no seu caminho, irmãos! Pois o casal precisa duma própria casa; precisa dos móveis; precisa duma festinha; precisa de salgadinhos e de bebidas; precisa de música e o casal moderno precisa dum lugar onde os convidados podem dançar; tudo isso deve ser realizado. Parece uma obrigação, pois o mundo quer isso, é o desejo dele.

Neste ponto não há nenhuma novidade em baixo do sol. Pois antigamente os homens estavam desejando coisas iguais. 1 Kor. 10 mostra isso. Neste capítulo o apóstolo Paulo nos mostra vários exemplos da história do povo de Israel. Talvez possamos dizer assim: o apóstolo Paulo nos mostra várias fotos da história de Israel. Pois ele fala sobre vários momentos importantes, que aconteceram antigamente. Por exemplo: Paulo mostra uma foto da festa com o bezerro de ouro; (podemos ler mais sobre isso em Ex. 32). Foi uma grande festa. Uma mega festa. Com muita alegria. O povo se divertiu muito. Mas o Senhor não! Pois o Senhor não estava no centro da festa, mas um ídolo, uma estátua, um pedaço de ouro. E porque este pedaço de ouro foi tão interessante? Este pedaço de ouro foi tão interessante por causa de todas as coisas que foram ligadas com isso: COMER, BEBER e DANÇAR.

Paulo mostra outras fotos: uma foto com IDOLATRIA e a outra com IMORALI-DADE; havia um nojo e uma atitude de hostilidade contra o Senhor; havia incredibilidade e falta de fé. Coisas, que nós também encontramos. Seja no mundo, seja na igreja. Cada pés-soa encontrará essas coisas no seu caminho. Seja casado, seja solteiro; seja jovem, seja ido-so. Cada geração encontra essas coisas. O povo de Israel no deserto; a igreja de Corinto, e a igreja de ………………… no século XXI. As tentações da antiguidade são os sedutores de ho-je; elas têm uma outra aparência, elas são mais modernas, mas até hoje elas estão presentes.

Por isso é bom pra nós ouvir o que Paulo está dizendo. Pois o apóstolo ensina a congregação de Jesus Cristo como ela pode ficar em pé neste mundo, que não quer saber nada de Deus; neste mundo que presta mais atenção a si mesmo do que à Deus; neste mundo que mudou o objeto da sua adoração: não mais O CRIADOR, mas em lugar dele TUDO o que o homem deseja. Chamamos este tipo de religião MATERIALISMO. Isso domina o mundo de hoje; o mundo em que você e as suas crianças vivem

E nós sentimos isso. Apesar do fato que somos membros da igreja de Jesus Cristo. Somos de Cristo, mas vivemos no mundo. E todos nós estamos vendo as coisas do mundo. Seja idoso, seja jovem; seja casado, seja solteiro; mas especialmente os jovens: eles são novos, bonitos e querem curtir a vida. Para eles a vida é uma grande festa! E as pessoas do mundo chamam: “Aproveite rapaz! Esqueça todas as coisas sérias, que deixam a sua vida pesada e chata; coisas como a igreja e a religião; esqueça rapaz! Não preste atenção nisso; curta a vida SEM Deus”. Isso é a mensagem, que ouvimos regularmente pelo rádio e pela televisão; Isso é o mundo em que vivemos, irmãos. Isso é o mundo em que os nossos jovens estão crescendo. E não é fácil para eles ficarem firmes; Para ficar firme, eles devem prestar atenção e devem procurar o caminho certo nesta vida. Pois há muitos caminhos e se não prestar atenção, perderá o bom caminho e encontrará o caminho falso. Vamos ouvir a palavra de Deus, que nos mostra o caminho certo. A mensagem do texto é o seguinte:

Tema: Fique Fiel a Deus neste Mundo cheio de tentações

  • 1. Pois Deus permite que sejais tentados
  • 2. Mas Deus não permite que sejais tentados além das vossas forças

1. Fique Fiel a Deus neste Mundo cheio de tentações – Pois Deus permite que sejais tentados

Essa palavra de Deus, irmãos, vamos entender melhor, se lermos em relação com a carta completa. Deixem-me dizer alguma coisa sobre isso. O apóstolo escreveu esta carta à igreja em Corinto. Uma cidade grande em Grécia. Um porto. Com barcos e armazéns. (Como Maceió); com comércio e marinheiros; as pessoas vieram de todos os paises do mundo para negociar. Por causa disso Korinto foi um crisol de várias nacionalidades; uma cidade com muitas religiões; muitos templos para vários deuses; para Hermes o deus do comércio; para Baco, o deus de vinho; e para Afrodita, deusa da beleza e do amor. Em poucas palavras: DINHEIRO, BEBIDA E EROTISMO. Os três foram os maiores poderes em Korinto.

E as pessoas podiam curtir essas coisas livremente, como hoje em dia. Atualmente se encontram esses poderes nos bancos, nos bares e nos bordéis, aonde dinheiro, bebidas e amor é oferecido. Antigamente eles tinham templos. Fazia parte da sua religião e por causa disso as pessoas eram obrigadas a participar. Quem recusasse, mostraria que não acreditava nos deuses.

Exatamente isso foi um dos grandes problemas dos cristãos em Korinto. Eles se converteram à Jesus Cristo e desde aquele momento a vida deles mudou rigorosamente. Eles foram libertados do poderes do dinheiro, bebidas alcoólicas e o erotismo; eles descobriram que os seus deuses não eram verdadeiros deuses. Há um só Deus: o Deus triuno que Paulo tinha pregado. A vida deles mudou completamente, mas a vida dos seus familiares, dos seus vizinhos e dos seus colegas não mudou nada. Eles ainda visitavam os templos e as vezes os cristãos também receberam um convite. E que fazer? Eles podiam participar da idolatria; eles podiam participar das festas e dos banquetes. Ou eles deviam se afastar e ficar em casa?

Nesta situação o apóstolo Paulo escreveu a sua epístola aos irmãos e ele os lembrou da história do povo de Israel. Podemos dizer: ele pegou o álbum das fotos do povo de Israel e ele mostrou todas as festas profanas, que foram feitas. E depois disso ele diz (em vs. 6): Ora, irmãos, estas coisas se tornaram exemplos para nós, a fim de que não cobicemos as coisas más, como eles cobiçaram.

E Paulo dá 4 exemplos, para mostrar que Deus não aprovou o que Israel estava fazendo. Deus deixa o mundo ter as suas festas profanas, mas Deus não aceitará que o seu povo quer ter as suas festas profanas. No momento que Israel fez isso, Deus o castigou severamente. Deus deu uma grande pancada no seu povo. Vinte e três mil pessoas morreram num só dia, quando o povo estava se divertindo no templo de Baal Peor; Imagine isso, irmãos! Imagine, se estivesse estaria escrito no Jornal local: 23.000 participantes da Mega Festa de Baal Peor morreram no (Espace) em (Maceió)!!!! Todo mundo, lendo isso, se perguntaria: o que isso! O que aconteceu lá? Então, diz o apóstolo Paulo: Isso aconteceu antigamente; mas é um exemplo para nós. Isso foi escrito para ADVERTÊNCIA NOSSA, DE NÓS OUTROS SOBRE QUEM OS FINS DOS SÉCULOS TEM CHEGADO.

Então, irmãos, UMA ADVERTÊNCIA. Reconhecemos isso. Se andarmos com o nosso carro pela estrada e nós aproximamos duma curva pronunciada e se ao lado da estrada estiver um carro queimado. Isso seria uma advertência para outros motoristas para ter cuidado e para prestar atenção. Da mesma maneira as histórias ‘pronunciadas’ na Bíblia contém uma advertência para cristãos terem cuidado e para prestar em atenção. Para muitas pessoas a vida é uma grande festa. Mas não cada festa é uma festa para Deus. A história nos ensina isso. Olha para os exemplos.

Olha também para si mesmo. Não te sobreestime. Aquele que pensa estar em pé veja que não caia. Muitos cristãos estão se avaliando em cima do seu valor. Lembro-me de discussões com jovens da igreja (lá na Holanda. Mas também com jovens aqui no Brasil. Não faz muita diferença.) Tínhamos discussões sobre o uso de bebidas alcoólicas, sobre fumar cigarros, sobre usar drogas. E sempre eles estavam dizendo: olha, pastor, nós somos firmes e fortes, nada vai acontecer conosco. Não vamos ficar viciados. A mesma reação encontramos também nesta carta de Paulo. Houve Korintíos que reagiram da mesma maneira. (Cap. 8!) Houve membros fracos e membros fortes na congregação. É sempre assim se discutirmos esses assuntos; pode controlar isso. Os jovens acham que são fortes e os idosos se acham fracos e estão vendo muitos perigos. Então, diz Paulo, Aquele que pensa estar em pé veja que não caia. Tem cuidado. Presta atenção aos exemplos, que encontramos na Bíblia!

E pensa nisso também: Não vos sobreveio tentação que não fosse humana”. Paulo diz isso à congregação, irmãos. Eles ainda não tem motivo para reclamar. As tentações, que encontraram, foram fáceis. Eles podiam resisti-las facilmente. Mas há tentações, que são mais poderosas do que a força do homem. Essas tentações são PERSEGUIÇOES ESPIRITUAIS. As vezes satanás, como um leão, está perseguindo as ovelhas de Cristo, para matá-las. Tais perseguições vem do lado dos homens, mas no fundo sempre está um plano diabólico.

As vezes lemos sobre isso na bíblia; como Satanás está tentando os homens; como ele enganou os irmãos, de modo que eles caíram em pecado; sempre isso acontece duma maneira esperta; ele usa os desejos do homem; ele conhece as fraquezas dos irmãos, como com Eva; Ela queria ser como Deus e quando Satanás falou sobre árvore, que podia dar o conhecimento do bem e do mal; naquele mesmo momento a árvore ficou desejável nos olhos de Eva. Ela foi atraída pela árvore e não pode resistir, apesar da advertência de Deus.

Nesta situação Satanás DEU alguma coisa, mas Satanás tem mais estratégias. Ele pode também TIRAR tudo o que o nosso coração deseja para tentar tirar toda confiança que temos em Deus. Para nos afastarmos de Deus. Como na vida de Jó. Satanás tirou tudo, para tentar Jó. Ele tirou a riqueza dele, a saúde dele, os filhos dele. Tudo! Jó perde tudo. A esposa dele o deixa; os amigos estão criticando. Jó fica sozinho e a sua confiança em Deus é tentada profundamente.

Tudo isso pode acontecer na vida dum crente. Deus permite. Vemos isso claramente no livro de Jó. Deus permite a Satanás tentar a fé de Jó; Deus deu espaço para fazer isso. Mas este espaço é limitado. O poder de Satanás é limitado. Ele não pode tirar a vida de Jó. Jó não pode morrer. Satanás é limitado.

Bom! Uma pessoa pode pensar agora: oh Pastor, pode ser que tudo isso é verdade, mas isso não resolve o meu problema. Pois como isso é possível. Como Deus pode permitir tudo isso? Como Deus pode permitir as tentações? Irmãos, esta pergunta é muito pesada. Podemos falar sobre isso toda noite, mas seria demais fazer isso agora. Em todo caso quero dizer isso: DEUS NÃO TENTA NINGUÉM; Deus não nos estimula para pecar; um dia Deus vai acabar com as tentações. Ele vai terminar o trabalho do sedutor, Satanás. E tudo o que deixa em tentação ele pegará e jogará no fogo. Mas este dia ainda não chegou, irmãos. Infelizmente não. Pois isso quer dizer que até agora Satanás tem o seu poder limitado para deixar nos em tentações; ele tem esta possibilidade, enquanto nós lhe damos oportunidade. Os desejos secretos em nosso coração são o alvo de satanás. Ele usa esses desejos para nos levar ao pecado. Deus sabe disso. Deus está vendo isso. Mas Deus não é uma testemunha impotente, pois Deus não permite que sejamos tentados além da nossa força. Ele é fiel.

2. Fique Fiel a Deus neste Mundo cheio de tentações – Pois Deus não permite que sejais tentados além das vossas forças

Depois de ter advertido a congregação para ser firme e alerte, depois de ter dito que as tentações ainda não foram tão poderosas, depois de tudo isso Paulo vem com uma palavra reconfortante. Felizmente, pois os irmãos poderiam pensar que o diabo pode tentar toda a congregação e levá-la ao pecado.

Mas isso não é verdade, irmãos. Paulo nos avisa contra sobreestimação. Pois se uma pessoa se avaliar acima do seu valor, o diabo está esperando na sua porta para entrar. Nós não devemos pensar que somos fortes na fé. Não devemos pensar que vamos triunfar sempre; não devemos pensar que podemos participar das coisas do mundo; não devemos pensar que sempre podemos dominar os nossos desejos.

A bíblia nos mostra outras coisas. A vida nos avisa para ter cuidado. Houve pessoas sérias, ativas na igreja. Pessoas de confiança. Lideres na igreja. Padres nos Estados Unidas ou Pastores na Holanda. Exemplos para os outros membros. Mas eles caíram. Eles pensaram que estavam em pé firmemente, mas eles caíram.

Eles causaram uma grande confusão entre os irmãos. Como foi possível? Eles conheciam bem a bíblia; eles conheciam bem a vida. Eles foram avisados. E um homem avisado conta por dois. Pois é, irmãos, mas também homens fortes podem cair. Porque somos homens fracos e pecaminosos. Todos! Todos nós aqui presentes. Todos!!!! Devemos entender isso. Cada vez de novo. Parece que Deus deixou acontecer isso, para nos acordar. Ele quer nos acordar. E Ele quer nos ajudar. Pois Deus é fiel.

Deus é um verdadeiro ALIADO. Ele fez uma aliança. Ele fez uma aliança com Abrão, o pai de todos os crentes; e com a sua descendência. E Deus ficou fiel. A História do povo de Israel mostra isso. Cada vez de novo Deus veio para ajudar o seu povo. No Egito, depois a beira do mar vermelho; depois disso no deserto. Cada vez de novo. Deus é fiel, irmãos. Se devermos aprender uma coisa da história do povo de Israel, é isso: DEUS É FIEL. Deus não deixou o seu povo; e não deixará. Um homem pode deixar Deus, mas Deus não deixa o homem. É uma coisa que devemos entender bem, especialmente hoje. Pois Ele é também o vosso Deus, irmãos. Vocês são batizados. Vocês têm a marca da nova aliança. Ele é o seu Aliado. Ele estava lá no momento do batismo; Ele é o testemunha se faz profissão de fé; Ele é o testemunha se um casal se casa. Deus está presente. Sempre.

Pensa nisso. SEMPRE! Ele é fiel. Ele está presente. Também se houver problemas entre um casal. Se houver pequenas discussões; pequenos conflitos entre homem e mulher; entre os pais e os filhos; ele está presente se o amor esfria, se a relação acabar, se crescer a distancia, se crescer a solidão, se houver brigas e discórdia, se um receber demais atenção duma outra pessoa, se crescer o ciúme, ou se houver problemas por causa dum vicio: trabalhar demais, bebidas demais. Deus está presente se um dos dois ficar doente por muito tempo. Tudo isso pode destruir um casamento. Tudo isso pode ser um motivo para fugir. Para procurar ajuda; Tudo isso pode ser um motivo para adultério. Isso são as tentações do casamento.

Mas para evitar isso é muito importante que vocês, irmãos, vivam perto do Senhor. Não somente agora no domingo, mas também durante a semana. Fique fiel ao Senhor; Ele está presente com as benções dele. Ele está pronto para ajudar.

Pois Deus tem os seus limites. Deus não permite que sejais tentados além das vossas forças. A história de Jó mostra isso. Deus colocou um limite à Satanás. A história do povo de Israel mostra isso também. Houve momentos em que o povo estava em angústia; momentos apertados; mas eles clamavam a Deus e Deus os ajudou. Isso aconteceu com o Êxodo do Egito; com a passagem pelo Mar Vermelho. Cada vez Deus prova que Ele é fiel.

Ele não permite que o seu povo seja tentado além da sua força. Ele não permite que eles caiam e continuem no pecado. Junto com a tentação Deus dá a solução. Paulo não diz o que é esta solução. Mas em todo caso seremos protegidos contra a tentação.

Vocês podem confiar nisso, pois Deus é fiel. Mas isso só funciona se nós ficarmos fiéis a Deus. Não é por nada que Paulo disse no fim (14): fugi da idolatria. Quem se afasta de Deus e procura a sua salvação longe de Deus com os ídolos ou com feitiçaria ou outras coisas; uma tal pessoa não deve pensar que nada acontecerá, pois Deus é fiel. Não é assim. Deus é fiel para quem, são fieis. Deus não ajudará se nos afastarmos. Nós somos protegidos contra as tentações se ficarmos perto de Deus; Deus nos ajuda a ficar em pé, mas se nós nos afastarmos, cairemos. Só vamos conseguir, se mantermos o contato com Senhor. Por isso Jesus nos ensinou a ORAR; a FALAR com o seu Pai, que está no céu. Jesus nos ensinou a orar: Não nos deixas cair em tentação, mas livra nos do mal. Esta oração, irmãos, é uma oração para cada dia. Para cada dia da sua vida. Não somente na igreja, mas também na casa. Uma oração para marido e esposa. Uma oração para os pais e os filhos. Uma oração para todos. Devemos aprender isso: ORAR. Falar com Deus Pai. Confie nele irmãos e vocês também jovens! Não deixes este costume. As vezes acontece isso, porque esta cansado, ou porque esta com pressa. A mulher preguiçosa e o marido sobrecarregado não oram. Isso é também uma tentação do diabo. Então, irmãos, aprendem orar e fique fiel nisso, pois só assim: com mãos dobradas, poderão ficar em pé neste mundo cheio de tentações.

Amém.

___________________________________________________________________________________________________

* Exceto onde o contrário esteja explícito, todos os conteúdos deste site estão licenciados sob uma Licença Creative Commons “Atribuição – Não Comercial – Sem Derivados 3.0 Não Adaptada“.

** Este sermão foi originalmente escrito para uso do pastor e não passou por correção ortográfica ou gramatical.

*** Pode ser lido se acontecer um pecado público na congregação.

Compartilhe!

Pr. Abram de Graaf

O pastor Abram de Graaf é “Doctorandus” (Drs) em Teologia e um dos professores do Instituto João Calvino (Aldeia, Camaragibe-PE). Ele é pastor da Igreja Reformada de Hamilton, Canadá, enviado como missionário às Igrejas Reformadas do Brasil, desde o ano 2000. É Diretor do Projeto Dordt-Brasil. Ele mora em Maceió e também desenvolve projetos nessa cidade.

Deixe um Comentário